Como Liston Whiterill Encontra o Sucesso nas Vendas Enquanto Lida com a Depressão

Esse é o Mês de Conscientização Sobre a Saúde Mental e nos unimos a Mental Health America com o intuito de conscientizar as pessoas e acabar com o estigma sobre questões de saúde mental no ambiente de trabalho.

Como parte de nossa missão de ajudar pessoas que trabalham em empresas em expansão a lidar com o estresse no trabalho, entrevistamos Liston Witherill, fundador da Good Funnel.

Liston é um consultor de vendas experiente com um histórico de vendas invejável, conquistado ao longo de muitos anos trabalhando com gerentes de vendas e profissionais das mais variadas indústrias.

Liston ajuda vendedores, consultores e donos de agências a venderem com confiança. Liston também sofre de depressão.

Após ler a sua comovente história pessoal sobre Como Ser Bem-Sucedido nas Vendas Lidando com a Depressão, quisemos falar com Liston para saber como ele enfrentou os desafios do estresse no mundo das vendas.

Queremos compartilhar os conselhos valiosos e práticos de Liston sobre como lidar com uma doença mental e trabalhar na indústria de vendas para que você aprenda como estimular o seu bem-estar e o da sua equipe.

Liston Witherill

Antes de compartilhar nossa entrevista com Liston, quero dividir suas cinco regras para o sucesso nas vendas.

As 5 regras das vendas de Liston

  • Regra #1: Não venda, sirva
  • Regra #2: Sem próximo passo, sem venda
  • Regra #3: As vendas não acontecem por e-mail
  • Regra #4: Não tente vender durante a fase de descoberta
  • Regra #5: Você não “consegue” clientes, você os cria

A Pipedrive acredita completamente em cada uma dessas cinco regras. Nossos fundadores e nossa equipe de vendas vivem por essas regras e você deveria aplicá-las no processo de vendas da sua empresa.

Você acha que ainda há estigma em se tratando de saúde mental no ambiente de trabalho? Ou, mais especificamente, na indústria de vendas?

Pela minha experiência, eu diria que sim. Como exemplo, quando publiquei uma atualização no LinkedIn sobre a minha luta contra a depressão no ambiente de trabalho, recebi um enorme apoio de pessoas que se sentiam exatamente da mesma forma. Isso não é baseado em nenhuma pesquisa, mas quando presto atenção nas vozes dominantes no mundo das vendas, ainda vejo uma orientação muito masculina e fica implícito que qualquer sinal de “fraqueza”, incluindo a depressão, é inaceitável.

Qual é a sua estratégia para lidar com situações de muita pressão? E para lidar com o estresse no ambiente de trabalho?

Eu tento abordar situações de alta pressão com a maior racionalidade possível. Isso significa reconhecer que eu não tenho o controle total sobre o resultado, apenas sobre minhas ações.

Sei que se eu tomar a ação correta, em média alcançarei o resultado desejado, mas isso nem sempre acontece em casos individuais. É assim que funciona a média.

Para lidar com o estresse no ambiente de trabalho, o mais importante para mim é o que eu faço quando estou longe do trabalho.

Isso significa exercícios diários por pelo menos uma hora, passar tempo com a minha família e fazer algo criativo todo dia.

Consigo satisfazer minha necessidade de criatividade escrevendo, gravando podcasts e gravando vídeos toda semana. Isso me ajuda a me manter são.

Como a sua abordagem com relação ao trabalho muda quando você está passando por um período de depressão?

Eu faço muito menos coisas!

Geralmente eu levo mais ou menos uma semana para perceber que estou deprimido, e quase sempre isso acontece porque não sinto vontade de trabalhar em um grande projeto ou porque minha vida no trabalho se torna muito distante de como eu gostaria de passar o meu tempo.

Quando eu identifico minha depressão periódica, reconheço e aceito que está acontecendo e tiro alguns dias para refletir por que isso está acontecendo.

Quando faço isso, eu crio um plano para dividir meu tempo e esforço com coisas que vão me ajudar a minimizar minha depressão.

Como você se motiva para ser bem-sucedido quando não está se sentindo bem mentalmente?

Eu discordo da expressão “mentalmente bem”.

Eu vejo da seguinte maneira, e aqui falo da minha própria experiência e dos meus próprios sentimentos: a depressão periódica é um importante indicador de desalinhamento em minha vida. Ela me diz que eu não estou honrando minhas próprias necessidades. Que as coisas que estou fazendo não estão contribuindo para criar a pessoa que eu quero ser. Neste sentido, a depressão periódica é uma função essencial.

Para me manter motivado, eu valorizo o lembrete de que às vezes preciso fazer mudanças em minha vida.

Pessoalmente, eu acho difícil me motivar a fazer coisas que parecem não ter um sentido, por isso a motivação por si só não é a meta. No entanto, o foco em metas maiores e mais difíceis de serem alcançadas geralmente é o antídoto para a minha baixa motivação.

Doses saudáveis de exercícios, família e conexões sociais também me ajudam a me manter motivado.

Quais conselhos você daria para gerentes em um ambiente de alta pressão e que estão lidando com pessoas que sofrem de depressão?

O meu conselho é o seguinte: procure aconselhamento profissional se não tiver certeza sobre o que fazer quando se deparar com esse tipo de situação.

Não sou um profissional da área de saúde mental ou de gestão organizacional, por isso essa não é a minha especialidade.

O que eu queria que meus gerentes fizessem é o seguinte: aceitar que não há nada de errado comigo. Eu só preciso de tempo para entender algumas coisas. Se você é um gerente que realmente acredita na construção de uma equipe de alto desempenho, você precisará dar às pessoas o espaço que elas precisam para tratar de suas necessidades emocionais.

Dizer para as pessoas “serem fortes” ou “saírem dessa” só vai servir para afastar aqueles com quem você diz se importar.

Qual conselho você daria para vendedores que estão lutando contra problemas de saúde mental?

Eu acho que há quatro coisas importantes que você pode fazer para se ajudar nessa situação (ou ajudar algum colega ou membro da equipe que está passando por isso).

Cada uma dessas ações é prática e possível, mas todas elas também são desafiadoras. O processo provavelmente não será fácil, mas essas quatro ações vão ajudá-lo a lidar com sua saúde e melhorá-la, mesmo em um ambiente agitado de uma empresa em crescimento.

1. Reconheça que há um problema e fale com alguém sobre isso.

Eu me considero muito sortudo por ter uma esposa que me apoia e entende que minhas emoções funcionam em ciclos e que às vezes fico deprimido.

Quando eu falo sobre minha depressão, isso me permite criar uma distância e objetividade com relação aos meus sentimentos. Dessa forma, eu consigo entender como estou me sentindo e começo a compreender por que sinto isso.

2.Procure ajuda profissional.

Nada substitui um profissional de confiança que pode ajudá-lo a tratar da sua saúde. Algumas pessoas consideram a busca por tratamento psicológico uma fraqueza pois elas acham que deveriam ser capazes de cuidar de seus problemas sozinhas. Eu discordo totalmente. É preciso coragem e força para admitir que você precisa de ajuda e enfrentar suas emoções. Compreender o que você sente e lidar com isso de maneira produtiva é uma habilidade que vai ajudá-lo em todos os aspectos da sua vida. Comece agora.

3. Seja capaz de ouvir e fazer mudanças se necessário.

A depressão pode ser o resultado de fatores de estresse e biológicos. No entanto, quando olho para trás e penso nos vários episódios de depressão pelos quais passei, consigo associá-los com uma ausência de satisfação. Em vez de mudar, eu fiquei deprimido. Em outras palavras, às vezes a depressão está nos dizendo para mudarmos algo, e foi o que eu fiz. Essas mudanças levaram a um desempenho ainda maior e a busca por coisas que eu realmente queria (como me tornar um coach). A partir daí alcancei mais sucesso e aumentei as vendas.

4. Faça uma pausa

Talvez você sinta que não tem o controle sobre essa ação, mas geralmente é possível dar um tempo da rotina de trabalho.

Você deveria tentar encontrar um espaço no qual pode dar um tempo do trabalho, seja fazendo uma viagem no fim de semana, dando uma volta na hora do almoço ou tirando 15 minutos do seu dia para sentar e tomar um café com calma.

É importante fazer uma mudança de ares.

Faça atividades ao ar livre, cozinhe ou faça como eu e arrume tempo para jantar com amigos e familiares.

Essa pausa me dá espaço para pensar sobre como estou me sentindo e por que me sinto dessa maneira.

Se você quiser saber mais sobre como lidar com o estresse, a pressão e saúde mental no trabalho, desenvolvemos um Guia Para Lidar com o Estresse no Trabalho em colaboração com Liston e nossos parceiros da Mental Health America.

O guia está cheio de conselhos de especialistas e dicas de como lidar com a pressão e prevenir o estresse em empresas que estão em expansão. Divida esse recurso com a sua equipe e comece a desenvolver um plano para prevenir o estresse e cuidar da saúde mental em seu local de trabalho.

Como Liston Whiterill Encontra o Sucesso nas Vendas Enquanto Lida com a Depressão | Pipedrive
Como Liston Whiterill Encontra o Sucesso nas Vendas Enquanto Lida com a Depressão