Português (BR)English (US)
Čeština
Deutsch
Eesti
Español (España)
Español (América Latina)
Français
Bahasa Indonesia
Italiano
Japanese (日本語)
Korean (한국어)
Latviešu valoda
Nederlands
Norsk
Polski
Русский
Suomi
Svenska
Türkçe
Українська
Chinese (繁體中文)
Entrar

Um guia prático sobre bots de vendas (e como usá-los de forma eficiente)

Bots de vendas
Tópicos
O que é um bot de vendas?
Como funcionam os bots de vendas?
Integrações de bots de vendas
Quais as vantagens dos bots de vendas?
Por que os vendedores não se sentem à vontade com os chatbots automatizados (e como superar essas preocupações)
Quando usar bots de vendas
Quando não usar bots de vendas
Exemplos reais de bots de vendas em ação
Conclusão

Os bots de vendas são ótimas ferramentas para melhorar a experiência do cliente, impulsionar as vendas e aumentar a satisfação e lealdade do consumidor. O segredo para obter estes resultados é saber usar os bots de vendas de forma eficiente.

Estas ferramentas podem ser utilizadas para agilizar o seu pipeline, simplificar a experiência de compra, dar respostas relevantes e instantâneas aos clientes e até mesmo nutrir leads por meio do funil de vendas.

Neste artigo, você vai aprender tudo o que precisa saber sobre o que é um bot de vendas, incluindo como eles funcionam, quais as suas vantagens e como usá-los para obter os melhores resultados.


O que é um bot de vendas?

Existem vários tipos de bots de vendas que podem ser usados para interagir com os visitantes do seu site e outras páginas. Alguns exemplos incluem chatbots, bots de vendas e bots de IA.

O que é um chatbot de vendas?

O chatbot de vendas é um tipo de software automatizado desenvolvido para interagir com os consumidores e ajudar do processo de vendas. Ele usa scripts pré-definidos e/ou algoritmos para simular conversas humanas, responder perguntas, fornecer informações sobre produtos e até mesmo guiar o consumidor pelo funil de vendas.

Os chatbots de vendas podem melhorar a experiência do cliente, economizar tempo para a equipe de vendas e gerar leads por meio da qualificação de clientes em potencial.

Para vendedores, os chatbots podem ser uma ferramenta útil no gerenciamento do pipeline de vendas. Enquanto um consumidor navega pelos seus produtos on-line, por exemplo, o bot pode aparecer e perguntar se ele precisa de ajuda. Além de garantir que suporte esteja sempre disponível, esta ferramenta incentiva os consumidores a se envolverem com a empresa.

O chatbot também pode ajudar na qualificação de leads. Por exemplo, de um consumidor faz uma pergunta específica ao bot, ele está demonstrando interesse no seu negócio e pode começar a ser guiado pleo funil de vendas.

Essencialmente, os chatbots de vendas (também conhecidos como chatbots de varejo) são agente de chat ao vivo que estão disponível 24 horas por dia.

O que são bots de IA?

Os bots de IA, também conhecidos como bots de inteligência artificial, são um tipo de software programado para executar tarefas de forma automatizada simulando a inteligência humana. No contexto das vendas, os bots de IA podem ser usados para otimizar diversos aspectos do processo de vendas, incluindo geração de leads, suporte ao cliente e análise de dados.

Com a ajuda de algoritmos de aprendizado de máquina e processamento de linguagem natural, os bots de IA podem aumentar a eficiência do processo de vendas, proporcionar interações personalizadas e até mesmo oferecer insights valiosos para a otimização de estratégias de vendas.

Alguns chatbots de vendas são bots de IA, enquanto outros dependem de scripts pré-definidos pelo usuário.


Como funcionam os bots de vendas?

Os chatbots utilizam caminhos de conversa pré-programados ou inteligência artificial com funcionalidade de processamento de linguagem natural (PLN). Eles reconhecem palavras, frases e estruturas de linguagem e baseiam-se em sua programação ou algoritmos para produzir a melhor resposta possível.

Por exemplo, digamos que um cliente pergunte onde está o seu pedido de número X. O chatbot utiliza esta informação para revisar o status do pedido e fornecer atualizações sobre ele.

O aprendizado de máquina também é um elemento-chave para muitos chatbots programados com IA. Esta tecnologia permite que o software se adapte continuamente sem que você precise dizer a ele o que fazer. Por exemplo, alguns chatbots analisam os padrões de resposta do usuário para descobrir o que eles querem. Com as informações obtidas, o software se adapta e melhora as suas respostas.

Integrações de bots de vendas

Os chatbots podem ser integrados ao seu software de gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM) de vendas para otimizar a eficiência de vários processos. Muitos bots de vendas possuem integrações para CRMs que facilitam a automação de tarefas entre os dois. Outra opção é usar uma interface de programação de aplicativos (API) para que os softwares se comuniquem.


Quais as vantagens dos bots de vendas?

Aqui estão algumas das maiores vantagens de utilizar um bot de vendas como parte do seu processo de vendas.

  • Atendimento ao cliente automatizado. Os chatbots podem automatizar partes-chave do processo de suporte ao cliente, desde a geração de leads até o acompanhamento de pedidos. O Chatbot do Pipedrive, por exemplo, pode ser integrado ao LeadBooster para automatizar respostas, oferecendo acesso imediato a informações e melhorando a experiência geral do usuário.

  • Experiência do consumidor personalizada. Os consumidores adoram experiências personalizadas. Na verdade, 62% deles afirmam que marcas podem perder sua lealdade se não oferecerem experiências personalizadas. Com um bot de vendas, você pode monitorar consultas para entender melhor as necessidades e comportamento do seu público-alvo. Como resultado, você será capaz de oferecer experiências personalizadas e exclusivas.

  • Mais tempo livre para a sua equipe de vendas. Além de aprimorar a experiência do consumidor, os bots de vendas também podem ajudar os seus funcionários a economizar tempo. Assim, ao invés de perder tempo respondendo consultas básicas, suas equipes podem se dedicar a tarefas mais complexas e importantes, como a nutrição de leads e o fechamento de negócios.

Por que os vendedores não se sentem à vontade com os chatbots automatizados (e como superar essas preocupações)

Muitos profissionais de vendas ainda tem reservas quando a utilização dos chatbots. Eles se preocupam com a experiência do cliente, com seu próprio papel no processo de vendas e como a tecnologia pode afetar o futuro do seu trabalho.

Apesar de serem válidas, estas preocupações não precisam ser um obstáculo. A seguir, vamos detalhar cada um desses medos e como superá-los com um bom planejamento e investimento nas tecnologias certas.

Medo 1: Eles podem prejudicar a experiência do cliente

Para algumas pessoas, a ideia de deixar um bot lidar com as dúvidas dos clientes é assustadora.

E se ele não responder às perguntas corretamente? E se ele oferecer informações erradas? E se isso fizer com que um lead altamente qualificado abandone o pipeline de vendas?

A melhor forma de lidar com essas preocupações é o planejamento. Faça pesquisas meticulosas para criar respostas eficazes que possam ser reproduzidas pelo chatbot para proporcionar uma boa experiência. Se o chatbot não souber a resposta para alguma pergunta, programe-o para direcionar consumidores até alguém que saiba ajudar.

Medo 2: Eles podem desumanizar o processo de vendas

Com a evolução da IA nos últimos anos, surgem cada vez mais preocupações sobre a possível substituição de agentes humanos por bots.

Geoffrey Keating, ex-editor sênior da Intercom, fala sobre esta questão. Segundo ele:

“O objetivo do uso dos bots de vendas não é remover as pessoas do processo de vendas, mas adicionar as pessoas certas aos momentos certos do processo para que elas possam proporcionar a melhor experiência possível.


Em outras palavras, o propósito dos bots de vendas não é substituir as pessoas, mas sim ajudá-las.

Medo 3: Eles atrapalham fluxos de trabalho existentes

Keating também explica que muitas pessoas continuam a se sentir desconfortáveis com o processo de integração de bots a fluxos de trabalho existentes.

“[As ressalvas vêm] de líderes de vendas preocupados com a possibilidade de destruir processos existentes e implementar novos. A troca de formulários on-line assíncronos por conversas em tempo real com clientes em potencial é uma mudança radical para uma organização estabelecida.


Se você está preocupado em como integrar um bot de vendas aos seus fluxos de trabalho em vendas, planeje a implementação em etapas. Isso vai ajudar a sua equipe a se acostumar com a nova maneira de trabalhar sem se sentir sobrecarregada com a mudança. Além disso, você também será capaz de identificar quais partes do seu processo podem se beneficiar mais da automação.


Quando usar bots de vendas

Quando implantados da forma certa, os chatbots podem ajudar a melhorar a experiência geral do cliente, otimizar o pipeline de vendas e até mesmo aumentar as taxas de conversão. Com a ajuda dessa tecnologia, você pode:

  • Melhorar a comunicação com os clientes. O uso de bots de vendas abre outro canal de comunicação entre a sua empresa e clientes. Os bots podem se conectar a uma base de conhecimento para ajudar os usuários a acessar informações úteis sem esperar pela resposta de uma pessoa real. Eles obtêm respostas claras rapidamente e podem avançar no processo de vendas em menos tempo.

  • Aprender mais sobre o seu público. Os chatbots são um ótimo ponto de partida se você quiser saber mais sobre os seus clientes e como eles se comportam. Acompanhe as perguntas mais frequentes para identificar tendências e entender melhor o que as pessoas procuram ao longo da jornada de compra.

  • Agilizar o processo de vendas. Um bot de vendas pode acelerar o processo de vendas automatizando as comunicações com os cliente e envolvendo a equipe apenas quando necessário. Por exemplo, se um cliente quiser saber mais sobre um produto ou serviço, o bot pode fornecer respostas instantâneas. Você também pode automatizar as notificações para alertar os representantes de vendas e as equipes de atendimento ao cliente, de modo que o bot possa transferir os bate-papos para uma pessoa capaz de fornecer suporte ou informações adicionais.

Os chatbots trabalham em conjunto com outras automações para eliminar tarefas manuais e repetitivas do fluxo de trabalho. Além disso, sua configuração pode ser fácil. Muitas opções incluem modelos personalizáveis ou um construtor de chatbot do tipo arrastar e soltar para você começar.


Quando não usar bots de vendas

Apesar das vantagens, existem situações em que os bots de vendas devem ser utilizados com cautela.

Uma dessas situações é para a resposta de perguntas técnicas e específicas.

Seu cliente pode se sentir frustrado se o chatbot não for capaz de entender uma pergunta específica. Os chatbots são programados para entender detalhes “superficiais” durante o processo de comunicação. Ou seja, eles podem ter dificuldades para responder perguntas complexas e entender as nuances da emoção humana.

Para evitar este tipo de problema, certifique-se de que o seu bot de vendas seja capaz de lidar com perguntas complexas, redirecionando o usuário para um representante capaz de responder da forma mais rápida e eficiente possível.


Exemplos reais de bots de vendas em ação

A seguir, detalhamos alguns exemplos reais de empresas que já utilizam os bots de vendas.

Pipedrive

Além de oferecer aos nossos clientes todas as ferramentas necessárias para o lançamento de um chatbot, também usamos nosso próprio bot de vendas. Nossa IA conversacional ajuda nossos clientes a acessar as informações de que precisam o mais rápido possível.

Aqui está um exemplo de conversa entre um cliente e o nosso bot de vendas:

Pipedrive AI Bot


Durante a interação, os clientes podem escolher entre diferentes opções. Além disso, se a resposta procurada não for encontrada, o usuário pode optar por falar com um representante de vendas.

Spotify

Além dos bots de vendas em sites, empresas também podem usar a comunicação automatizada nas mídias sociais. Um exemplo disso é o chatbot do Spotify.

Quando um cliente entra em contato pelo Facebook Messenger, o perfil da plataforma de streaming responde com uma mensagem automatizada e direciona o usuário para outros locais onde mais informações podem ser acessadas.

Spotify AI Bot


Microsoft

Este gigante da tecnologia oferece a seus clientes um poderoso chatbot de suporte. O chatbot tem como principal função responder às dúvidas dos clientes e resolver quaisquer problemas de software.

Microsoft AI Bot


A primeira mensagem que o chatbot dá aos clientes inclui algumas dicas e informações sobre como aproveitá-lo ao máximo. Por exemplo, ao abrir o chatbot, o usuário recebe instruções sobre como permanecer conectado para evitar que o bate-papo seja interrompido.

Magazine Luiza

Queridinho do público, o chatbot da Magazine Luiza foi criado para facilitar a relação entre o cliente e a empresa. A Lu, como é conhecido o chatbot, é uma atendente virtual que conta até mesmo com um avatar animado.

A principal função do chatbot é ajudar o cliente no pós-venda. Ao acessar a loja on-line, o cliente tem a opção de escolher entre várias categorias de dúvidas ou digitar a sua própria pergunta. A Lu então responde tudo de forma altamente humanizada e encaminha o usuário para atendentes reais sempre que necessário.

Conclusão

Se você está pensando em implementar um bot de vendas no seu fluxo de trabalho, experimente o LeadBooster como extensão para a sua assinatura Pipedrive. Seus recursos de bate-papo na Web incluem o Chatbot, que pode interagir automaticamente com clientes potenciais, e o Live Chat, que o notificará automaticamente quando for a hora de um representante disponível assumir a conversa.

Ele pode ser usado para melhorar a experiência do cliente, simplificar seu processo de vendas e liberar tempo para que seus representantes de vendas se concentrem em fechar negócios.

Experimente-o gratuitamente hoje mesmo ou entre em contato conosco para saber mais.

Impulsionando o crescimento dos negócios